O Grito Vermelho - 1º Volume: Sinfonia da Morte

Hoje trago a vocês a resenha do segundo livro de parceria do blog!!! Yay!


Título: O Grito Vermelho
Editora: Novo Século
Autor: Bruno Godoi
Páginas: 317
Blog: http://www.ogritovermelho.com/
Fanpage: https://www.facebook.com/ogritovermelho?fref=ts
Sinopse:    " Um crime: doze corpos encontrados em uma região mística do norte da Mongólia. Um agente especial francês em luta contra seus mais íntimos inimigos: “os próprios pesadelos”. Um padre exorcista do Vaticano. Um assassino letal e misterioso que cruza o caminho das investigações do governo francês e do Vaticano, pondo em risco a segurança dos agentes e dos padres. Segredos são aos poucos apresentados e revelam as angústias e os pecados impressos nos homens. O Grito Vermelho: o lamento silencioso da alma…"
Skoob: AQUI

Resenha

Enredo:

     O agente francês Louis Simon acabou sendo escolhido para solucionar um caso muito estranho: doze corpos foram encontrados em uma região da Mongólia próxima do Lago Su-ayna. Na cena do crime, Louis se depara com os corpos e estranhamente suas cabeças estão "estouradas" de dentro para fora. Após a análise dos peritos da equipe de Simon, uma coisa foi concluída, não havia indícios de produtos químicos, ou agentes externos que viessem a causar o óbito. As 12 pessoas simplesmente tiveram suas cabeças estouradas. Ao voltar à França, Louis e repreendido pelo seu chefe por não voltar com respostas. E, claro, o caso fica ainda mais estranho com o envolvimento do Vaticano.
    Padre Kazarras (um exorcista) vai à França conversar com o Louis pois, um dia antes do assassinato ocorrido na Mongólia, ele recebeu uma mensagem de um antigo Padre chamado Battista e a mensagem dizia que aquilo iria ocorrer. 
    Agora Louis tem mais uma estranha pista, o envolvimento do Vaticano não torna a situação mais fácil e ao procurar saber por Battista, descobrem uma pista que faz com que ele tenha de vir para o Brasil.

Narrativa:

     A narrativa em terceira pessoa foi muito bem escrita pelo autor, a história em si não possuí um personagem principal, pois está em constante mudança de cenário e novos personagens são introduzidos.

Personagens:

     Temos vários personagens e todos eles possuem algo em comum: Sombras do passado.
Boa parte deles sofre de problemas, e são assombrados com acontecimentos passados que são aos poucos revelados. 
     Um dos personagens que mais me intrigou foi o Leopardo. Seu nome é sugestivo, pois seu jeito de agir é igual ao um leopardo. Fiquei curioso para saber onde ele se encaixa na história.
     Susannah é uma das integrantes da equipe de Simon, uma mulher bem sucedida, bela e forte. Mas não consegui gostar muito da personagem, tem horas que ela chega a ser um pouco irritante.
    Martin, que também faz parte da equipe de Simon, é um dos mais divertidos.

Comentários:

     Já digo logo que adorei o livro! O jeito com que o autor prende o leitor é fantástico, a cada virar de página novas coisas são introduzidas e o caso vai expandindo de uma forma incrível e você fica querendo saber logo o que vai acontecer. Além disso, o leitor também fica curioso sobre o passado dos personagens.
    O livro em si não tem muita ação, mas a narrativa alternada por ilustrações que contam histórias torna o livro algo dinâmico e de tirar o fôlego.
   O autor demora a revelar os fatos, inclusive faz com que o leitor procure na internet coisas a respeito, pois dentro do enredo um site é mencionado.
    Não teria como a nota não ser essa: